Operação “Carne Fraca” e a seguridade da carne brasileira

A operação carne fraca é uma operação da polícia federal que está investigando irregularidades em frigoríficos brasileiros e acabou deixando a dúvida na cabeça dos consumidores. Afinal, será que a carne que comemos é de qualidade?

Vinte e um frigoríficos são investigados e os motivos incluem corrupção envolvendo fiscais, produtos com prazo de validade vencidos, carnes “maquiadas”, com aditivos e estragadas. Como a investigação ainda não chegou ao fim, não se tem uma noção do quanto essas informações são reais.

A carne fresca (in natura) é um produto muito difícil de ser mascarado, por mais que use aditivos é difícil mascarar o sabor e o cheiro do produto. A carne quando estragada é facilmente identificável por esses atributos.

A polícia federal afirma ter sido utilizados dois ácidos cancerígenos para maquiar a carne. Os ácidos utilizados são o Ascórbico e o Sórbico. Em nota a ANVISA disse que nenhum deles é cancerígeno e que ambos são permitidos. O Ácido Ascórbico, também conhecido por Vitamina C, é um antioxidante permitido para alguns tipos de produtos cárneos. O outro é o Ácido Sórbico, permitido também para alguns produtos cárneos e “seu limite de uso é de 0,02g por 100g do produto e sua aplicação está limitada ao tratamento externo da superfície desses produtos”. Esse ácido funciona como um conservante e caso a carne comece a ficar com um tom escuro, ele pode trazer à mesma um tom mais avermelhado que a faça parecer ainda saudável para o consumo, mas como dito anteriormente, o sabor e o cheiro são difíceis de se mascarar.

Com tudo isso, a certeza que temos é que esses problemas são muito pontuais e que não representa a realidade de todo o mercado brasileiro. Hoje em dia a indústria de alimentos Brasileira conta com profissionais muito qualificados e o controle de qualidade é confiável. Profissionais especializados em produtos cárneos afirmam que é seguro consumir a carne brasileira.

 

 

Por Camila Rodrigues

SEGURANÇA DOS ALIMENTOS

QUAL SUA IMPORTÂNCIA?

         Em todo o mundo, consumidores estão cada vez mais preocupados, pois ter acesso a alimentos seguros e nutritivos é essencial para manter o bem-estar e a saúde. Assim, os produtores de alimentos devem garantir a segurança dos seus produtos e reduzir a exposição do consumidor a alimentos contaminados ou perigosos.

         Produtores e empresários do ramo alimentício, devem estar cientes dos riscos relacionados ao não cumprimento de normas técnicas, feitas especialmente para garantir a qualidade e a sanidade dos alimentos, fiscalizados pela ANVISA. 

         Os benefícios de estar de acordo com as legislações vigentes, não só influenciam nos produtos comercializados, mas também em como sua empresa é vista na sociedade, conseguindo assim ter uma maior venda e satisfação de seus clientes.

        Produzir e fornecer alimentos seguros, são fatores que desafiam os diversos agentes envolvidos, mas que trazem benefícios tanto para quem produz, quanto quem consome. Caso você queira aprender mais sobre o assunto, saber o que a sua empresa precisa para estar de acordo com a legislação e ainda conseguir melhorar a qualidade do seu produto, entre em contato conosco. Estamos prontos para ajudar!

 

 

Por Anderson Oliveira

Find the last offers by SkyBet at www.bettingy.com BettingY.com Bonuses